30 anos e já me sinto um dinossauro!

ora vamos lá fazer um bocadinho de flashback, pa exercitar a memória!

quando era pitazinha, digamos, entre os 7 e os 11, não havia cá internet nem computadores. tínhamos 2 canais na tv e já íamos com sorte. tv por cabo? o que é isso? (aqui na província, o cabo chegou prai no ano passado :P), havia clubes de video, rádio, k7's e vinyl... e havia livros, muitos livros!

livros foi coisa que nunca faltou na minha casa. a minha "panca" por livros vem desses tempos, claro a que minha "biblioteca" pessoal, comparada com a dos meus pais, encolhe-se a um canto com um saco de papel pardo enfiado na cabeça a ver se ninguém dá por ela :P

anyhoo..quando era pitazeca, sabem qual era o meu livro favorito?
tinha a colecção histórias do avôzinho, but they were no match for...

...o grande atlas mundial!

 
 


oh yeah, esse fabuloso e gigantesco livro verde escuro, que aposto que todos os cotas têm ou tiveram um em casa!

é o meu livro favorito de todos os tempos. lembrei-me dele há uns dias e rezei pa que os meus pais ainda o tivessem guardado. ontem quando cá cheguei, a primeira coisa que fiz foi procura-lo, and it still lives!

tá velhinho, gasto, amarelecido, folhas soltas, mas ainda respira. está é tão desactualizado que até doi.. mas em tempos foi um grande livro, e teve um papel importante na minha vida. passei horas  e horas agarrada àquelas paginas enormes, a analizar para os mapas, os planetas, a ler sobre a evolução da vida na terra, a ler os factos mundiais, etc etc. ensinou-me muito mais aquele livro que muitas aulas!

mas não gostava só do atlas. existiam outros que também foram muito importantes, tipo, as maravilhas do mundo 1 e 2, o mundo, e o fututo, que faziam parte de uma espécie de colecção chamada "o homem no seu mundo". todos os volumes são muito bons, mas esses quatro eram os meus favoritos. muito me inspiravam esses livros.. viajava tanto naquelas fotos..

 
 


e já que estamos nisto, também gostava de livros sobre a natureza e amimais, claro :)

 


havia muitos mais, mas estes eram os meus favoritos. também há um só com bicheza marinha que também é muito fixe!

e poupei os meus pais a alguns constrangimentos com esta colecção!



foram muito espertos! sempre que chegava a determinada idade, aparecia outro volume assim como por magia muahahah assim escusava de andar com perguntas embaraçosas, já sabia a história toda, tava tudo ali, muito bem explicadinho he he he
(na foto falta o ultimo volume, o dos adultos. alguém o deve ter subtraído : /)

também nutria uma particular admiração pelos dois volumes do faça  você mesmo, se bem que naquela altura não tinha estofo para bricolagem, mas gostava de ver.



e mais tarde comecei a ler os livros de ficção cientifica, conspirações extraterrestres e civilizações perdidas. nada mau!

entretanto os anos passaram, os livros foram ficando desactualizados (é o problema do papel, não se actualiza sozinho), e os computadores chegaram..

já em em adolescentezinha era uma cinéfila em ascensão, e quando li numa revista qualquer que ia sair um cd chamado cinemania 95, que era nada mais nada menos que uma base de dados gigantesca de todos (ou quase) os filmes realizados até à altura, fiquei m-a-l-u-q-u-i-n-h-a das ideias!
nessa altura, intermet ainda era uma palavra que não existia no meu dicionário, e só alguns anos mais tarde iria conhecer o grande IMDB.

o problema foi conseguir que me oferecessem aquilo...em 94 ou 95 os programas custavam o coiro e o cabelo, ainda que aquele em particular não fosse bem um programa mas sim uma enciclopédia virtual, era caríssimo como o raio e levei meses (MESES) a chorar por aquilo (como quem chora por uma ps3 hoje em dia), até que um amigo da família mo ofereceu pelos anos..tipo...best present ever....brutal!!

bom, nos meses (e anos) seguintes tratei de devorar aquilo. se tivesse uma memória decente, hoje tinha uma cultura sobre cinema à maneira :P

...e eis que em 97, já tinha eu quase 18 anos, veio finalmente a internet.. e o meu mundo nunca mais foi o mesmo!

e pronto, só queria chegar à conclusão que esta maltinha hoje em dia nasce com o cú virado pa lua e não sabe dar valor ao que têm...haviam de ter nascido em 79 para verem o que era bom :P

7 de Fevereiro de 2010, às 02:55link do post comentar