Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

Na Cortesia do Maranhão...

Setembro 28, 2011

e quando pensávamos nós que já conhecíamos tudo o que era hotel giro no alentejo, o marido, à caça pelo sitio perfeito para a celebração do nosso 10º aniversário, tropeçou na herdade da cortesia, nas margens da barragem do maranhão, a um passo de avis.

ficamos os dois convencidos pelas fotos dos quartos e somewhat intrigados com a arquitectura do hotel, então decidimos marcar uma noite.

o que fomos encontrar, superou - DE LONGE - as nossas expectativas. é que dizer que o hotel é fantástico não chega..

 

descobrimos meio do alentejo profundo um verdadeiro oásis: um pequeno complexo vanguardista mas perfeitamente integrado na paisagem envolvente. composto por 30 quartos térreos que acompanham o declive do monte, distribuídos por três braços, todos com ligação ao exterior e ao edifício principal, de linhas curvas e cuja fachada forrada a madeira é absolutamente genial, e no extremo oposto uma piscina deliciosa que se confunde com o céu, tudo rodeado por um belíssimo jardim.


 infinity pool

 

mas não é só o exterior que é bonito. por dentro, o moderno e o acolhedor misturam-se na perfeição, criando uma atmosfera bastante confortável.

 

o primeiro andar está reservado ao restaurante, com uma esplanada por cima dos quartos, com vistas panorâmicas de cortar a respiração (pena os postes de iluminação pública).

 

aquando da reserva pedimos o quarto que mais nos agradou pelas fotos e foi esse mesmo que nos deram. 

 

transbordava luz, bastante espaçoso e acolhedor, decorado com muito bom gosto e cheio de pormenores. a cama enorme e confortável, quando nos atirávamos para cima dela, apetecia pouco a levantar.

details awesome bathroom evah!!

 

equipado com uma casa de banho linda, mas tão linda que foi onde perdemos mais tempo a tirar fotos. tinha uma janela enorme com uma vista sem igual. tomar um duche demorado enquanto assistíamos um pôr-de-sol fabuloso é uma experiencia que nunca tinhamos tido e nem tão cedo nos vamos esquecer.

a bathroom with a view

 

e morfes? o pequeno-almoço, bastante completo e recheado de produtos da região, sem hora marcada para tomar, o que é raro. é extremamente chato quando temos que sair da cama cedo se quisermos apanhar pequeno-almoço.. mas ali, podemos ficar na ronha à vontade, sem pressas.

o serviço de bar, espectacular, as sandes e tostas em pão alentejano enormes, uma chega à vontade para duas pessoas. 

apenas devo confessar que esperávamos um bocadinho mais do restaurante. a descrição dos pratos era bastante aliciante e os preços assim para o puxadote.. a comida estava boa, mas faltava-lhe qualquer coisa..   

 

e a simpatia? nunca encontramos igual em todo o portugal que já corremos. todo o staff de uma amabilidade espantosa, e o melhor de tudo: disseram-nos que podíamos fazer o check-out quando quiséssemos (o que aconteceu às oito da noite). ficamos completamente rendidos!

 

tanto que nem saímos do hotel. deambulamos entre o quarto, o jardim a piscina. não apetecia sair dali, nem sequer fomos conhecer a vila de avis ou andar de canoa na barragem.

uma tranquilidade excepcional, perfeito para relaxar dos stresses do dia-a-dia. ficamos cheios de pena por só termos lá estado uma noite.. da próxima vez serão três no mínimo. garantido!

8 comentários

Comentar post

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D