Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

As minhas convicções (da tanga)!

Outubro 03, 2005

Aviso desde já que este post é uma granda seca. Trata-se de algo que eu não faço muito por aqui: um momento de introspecção profunda (deve ser das horas, só pode!)..

Há quem acredite no Pai Natal, há quem acredite no menino Jesus, à quem acredite no Benfica, há quem acredite seja no que for, o que interessa é ter fé em algo divino e inexplicável que encerra todos os mistérios do universo e nos dá força para continuar a viver dia após dia..
Eu cá acredito em coincidências, acredito no destino, acredito que tudo o que acontece, acontece por uma razão, tanto as coisas boas, como as coisas más, acredito que todos os nossos actos hão-de conduzir-nos a algo. É assim que eu explico todas coisas que me têm acontecido ao longo da minha vida, por muito absurdas ou despropositadas que pareçam, mas é a forma com que a minha mente, que exige uma explicação pormenorizada para tudo o que acontece, escolheu para lidar com o assunto confortavelmente ....mil vezes isso que acreditar no Adão e na Eva, e que foi o Senhor Jesus Cristo que criou esta merda toda...ah, e não nos vamos esquecer do cornudo.

Houve uma altura que acreditava no karma, e que existia uma reacção por cada acção, que se fizéssemos algo de bem / mal, isso ser-nos-ia devolvido na mesma intensidade, tipo, pagava-se na mesma moeda. Então, sempre que metia a "pata na poça", ficava à espera do "castigo"..felizmente que essa fase já me passou, embora tenha deixado vestígios..mas era chato e contribuiu em grande escala para me dar cabo dos nervos.
Deixei de acreditar nisso quando cheguei à conclusão que, quem se safa nesta vida não são as pessoas boazinhas..

Também acredito na sorte, e numa coisa muito má que é "deixa tar que tudo há de se resolver" (aka preguiça / "fia-te na Virgem")..até agora tem funcionado, e quando não funciona, digo que foi azar, mas não sei como encontro sempre uma solução para a coisa..
Por exemplo, conduzo à cinco anos e tal, e nunca tive um acidente de carro, embora conduza muitas vezes a altas horas da madrugada durante várias horas seguidas, e cheia de sono, ou ande enfiada no trânsito intenso, ou faça manobras maradas..e costumo dizer que é sorte...mas será mesmo sorte, ou será que eu até sou boa condutora? Não sei porquê, mas prefiro acreditar que é sorte mesmo...também sei que ela um dia é capaz de se esgotar..mas até esse dia chegar...

Já o marido acredita nele, e no que ele é capaz de fazer/alcançar. Não acredita na sorte (mas acredita no azar), nem em explicações cósmicas e irracionais como eu para as coisas que acontecem (a não ser quando são más, porque nesses casos ele diz que é azar mesmo!).
Tenho andado a tentar entrar dentro do esquema que ele usa, mas ainda não me sinto confortável.

Há, contudo, algumas coisas que ele já me ensinou, e que eu, apesar de estar a levar tempo a assimila-las, porque envolve em mexer em conceitos pré-definidos da personalidade, mas como eu reconheço que a forma como ele faz é mais eficaz que a minha, estou disposta a aceitar o desafio. Mas isso já nada tem a ver com este assunto...fica para uma próxima..

Bom, acabaram-se as revelações por hoje!

2 comentários

Comentar post

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D