Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Cabelo para que te quero II

Julho 25, 2014

nunca tive o cabelo tão comprido como agora! a dada altura começou-me a aborrecer dos penteados despenteados (mais às contras astronómicas de cabeleireiro) e simplesmente deixei de me preocupar com ele. e ele cresceu, cresceu, e cresceu..

só que manter uma cabeleira saudável e lustrosa requer manutenção e eu não sou a pessoa mais paciente do mundo para me por com rituais e o crl a sete.. mando cortar as pontas uma ou duas vezes por ano e uso máscara três vezes por semana, e é tudo!
acontece também que durante o verão costumo dar férias ao secador e deixo-o secar livremente ao ar. a minha longa e ondulada trunfa transforma-se então numa juba que não sei como é que não ando a ser perseguida por militares, pois mais parece que fugi do jardim zoológico..

(curiosamente o meu homem prefere o meu ar desgrenhado de quem acabou de espetar os dedos molhados numa tomada eléctrica, ao clássico esticadinho e lisinho lol)

vai daí, para minimizar este drama sazonal, descobri que untar o cabelo com óleo faz maravilhas pelo aspecto frisado a palha seca.. apesar da confusão que isto me faz, porque do meu coiro cabeludo já brota uma certa oleosidade natural lol pelos vistos não é suficiente e precisa de um reforçozito :D

 

no ano passado usei o óleo milagroso da schwarzkopf, mas este ano decidi comprar um (elixir qualquer coisa) da minha marca favorita de mistelas para o cabelo, a kérastase. custa uma pequena fortuna, o cabrão do óleo, mas tem reviews inacreditavelmente boas.. tão boas, que podia resumi-las da seguinte forma:

 

not of this world! i can only imagine they make this by milking the pussy juices out of horny little fairies and then top it off with some pixie dust for that golden finish! my goodness... what a heavenly thing!

 

é que nem pensei duas vezes, foi mesmo 

 

 

misticismos à parte, faz o que é suposto: deixa-mo cabelo leve, solto, brilhante, macio, e sem metade do frizz habitual. resumindo, a juba continua cá, embora ligeiramente mais domada e bastante agradável ao toque… e se antes já tinha dificuldades em tirar-lhe as mãos de cima, agora está a ganhar contornos de obsessão :/

 

o frasco tem doseador o que é excelente para evitar exageros na quantidade do produto a usar, e segundo as instruções, duas espichadelas são suficientes para o efeito. antes ou depois de lavar a cabeça, antes ou depois do secador, ou até mesmo sem secador. é bastante versátil.

 

se vale o que paguei por ele? não sei, deixem-me ver quanto tempo dura a embalagem que logo respondo a isso :)

Fashion victim.. literalmente!

Dezembro 10, 2013

segundo o meu signo sou uma pessoa de extremos, de oitos e oitentas, capaz de grandes paixões e grandes ódios. um ser que não conhece meios termos, and so on..

 

até podia ser giro, se não influenciasse todos os aspectos da minha viducha, em que para umas coisas sou completa e absolutamente descomplicada, e outras, a mais singela das actividades pode revelar-se num enredo de proporções épicas.
torna-se cansativo, a sério.. um dia destes tenho que tentar compreender se se manifesta por influência de fenómenos cósmicos, como acontece com as marés, ou se é das hormonas, ou algo místico e sem explicação plausível!

 

anyway, isto tão tem nada a ver com o assunto do post, mas explica muita coisa..

 

..como a demanda em que me meti neste fim-de-semana, para arranjar um porta-cartões novo!

 

desde há vários anos que elegi os porta-cartões da fertagus (e antes desses usava uns do chinês) como carteira. só em vez de dois cartões, enfio seis naquilo e com a utilização intensiva que lhes dou, as carteiras estragam-se num instante. compro duas ou três por ano, e uso-as sempre até ao limite do aceitável.

 

quando esta última chegou em vias de ser recebida pelo criador, decidi que havia de arranjar uma coisa em condições e que durasse mais do que uns poucos de meses. então, ganhei coragem e lancei-me às lojas de malas.

 

no vasco da gama não encontrei nada de jeito e como o homem andava há algumas semanas a chagar-me a cabeça para ir à primark (temos claramente os papeis invertidos lolão), aproveitei a visita ao colombo - marroquinaria e acessórios é coisa que não falta naquela selva.

 

não sei em quantas lojas entrámos, perdi o conto algures no primeiro piso, mas foram demasiadas e sem grande sucesso. não que falhasse em encontrar o que procurava, que encontrei, às carradas.. mas aparentemente, é artigo exclusivo de gajo, só existem em cores aborrecidas como preto ou castanho, demasiado formais, e eu queria algo mais descontraído, giro, colorido.. girly, vá!

 

do rol de lojas onde botámos os cascos houve apenas uma, daquela marca que o logo parece um urso com um granda par de mamas, onde consegui encontrar um porta-cartões que reunia quase todos os requisitos.. quase.. era caro c'mó crl! 

digamos que àquele preço conseguia um fornecimento vitalício de porta-cartões da fertagus :P

 

no dia seguinte voltei à carga, desta vez no el corte inglés, que aquele modelo de lojas em open space poupa-me mais os nervos.
estava decidida a sair dali com uma carteira nova, mas ao percorrermos as ilhas era tudo mais do mesmo, só encontrava cenas para gajo.. bah!

 

...e lá estava eu, de volta à montra da loja do ursinho mamalhudo. conformada, lá apontei à colaboradora do espaço o modelo e a cor que queria levar, enquanto remoía mentalmente que era bom que aquela merda durasse três vidas e meia. no mínimo!

 

quanto a rapariga desapareceu atrás do balcão com a minha soon-to-be carteirinha, olhei em redor e constatei ao homem que ele era um sortudo do caneco.

 

- só te digo, se eu fosse gaja-gaja tavas bem fodido..

- porquê?

- isto é o paraíso das malas, nem sabia para onde me havia de virar.. desgraçava-me todinha aqui. queria esta, e aquela e a outra lá ao fundo, que é bem gira. a tua sorte é que não tou minimamente interessada nelas. 

 

uns bons minutos depois, a colaboradora entrega-nos um saquinho todo pipi, pagámos e seguimos a com a nossa vidinha.

 

mais tarde, quando vou para meter as mãos no meu porta-cartões novo, ficou explicado porque é que a compra demorou tanto tempo: a fanfarronice do embrulho!

 

é que só visto..

 

primeiro tive que remover o selo do belíssimo saco de papel, em tons de rosa pastel e cheio de lacinhos e mariquices. lá dentro encontrei uma luxuosa caixinha de cartão, e de seguida tive que por de parte um envelope que continha um certificado de autenticidade, para depois deparar-me uma delicada bolsinha em algodão, e por fim, lá dentro, eis que surge finalmente a carteirola..

 

..SERIOUSLY??

 

quase que merecia as honras de um unboxing à lá apple!
tirassem-me aquela cangalhada toda da equação e o raio da carteira custaria menos 10€.. quase que fiquei com receio de a meter a uso, não fosse o deus das carteiras açoitar-me repetidamente com um cinto em pele de crocodilo por toda a eternidade, pelo sacrilégio :P

 

conices!

Pela boca morre o peixe...

Dezembro 28, 2012

ando sempre a dizer que a mim ninguém me apanha nos saldos... pois foi logo no primeiro dia!

 

a culpa foi do hóme, que quis comprar um gorro que viu na montra duma benetton e meteu-se pela loja adentro. acabei por trazer um par de calças que andava a namorar desde que a colecção saiu por menos 30% :D

A revelação da linha!

Outubro 10, 2012

homens: façam um favor a vós próprios e NÃO leiam este post.. existem coisas no mundo das mulheres que vocês vivem mais felizes se ignorarem!

 

*

 

então, segue um post de gaja para desenjoar :D
há uns dias atrás, a minha sessão de manicure foi interrompida por uma colega da esteticista para saber se ela ainda tinha vaga para uma depilação (não vou utilizar o termo técnico porque abomino a palavra, portanto chamemos-lhe algo mais romântico) da penugem do contorno dos lábios.

 

eu, que tava mais do que necessitada de levar o mesmo tratamento (mais uns dias e começava a passar por gajo), aproveitei a deixa:

 

"não me queres fazer a mim também?"

"sim, posso fazer.. mas olha que faço com linha!"

 

linha? oi! mas a linha também funciona nessa zona? 

estou familiarizada com o procedimento nos sobrolhos, agora, no contorno dos lábios era novidade.. mas hey, ao menos não estava no meio de um centro comercial, onde todágente me podia observar a ser depenada :D

 

"mas dói muito!" diz ela..

"não deve ser muito mais doloroso que a cera" ainda tá para chegar o dia em que arrancar o pelame a sangue frio não causa dor..

 

levei mais tempo a tentar concentrar-me e fazer aquilo que ela me pedia sem desatar a rir (não ajudava as piadas que iamos fazendo, pronto) do que a duração do procedimento em si. é relativamente rápido (não tanto como a cera, óbvio), algo doloroso (como seria de esperar), mas! não causou tanta irritação na pele e a recuperação foi bastante mais rápida, e nos dias seguintes não fiquei com a pele tipo couro.. já para não falar que não causa queimaduras nessa muy sensível zona.

 

como para mim, laser ou luz pulsada para depilação facial está completamente fora de questão, acho que vou adoptar este método, bem mais civilizado que puxões que quase m'arrancam os beiços :P

Pffff... modas!

Maio 10, 2012

ontem íamos nós pelo amoreiras fora quando nos cruzámos com duas adolescentes. uma vinha razoavelmente vestida, a outra trazia "apenas" uma t-shirt que lhe chegava pouco abaixo da cintura e uns leggings. volta-se o marido e diz:

 

- tu gostavas era de andar vestida assim he he he he

- mas.. eu ando vestida assim*.. - enquanto começava a desabotoar os jeans. - vês? vês? é só tirar as calças e fico igual a ela!!

 

não baixei as calças no meio do centro comercial, claro.. mas sim, se as tirasse para fora, ficaria tal e qual e ninguém dava por isso :P

 

srly, chamem-me o que quiserem, para mim leggings cai na categoria de roupa interior e acho de muito mau gosto as pitas/mulheres whatever usarem aquilo como se fossem calças.. e vê-se TANTO hoje em dia.. que degredo!

 

*tenho que usar leggings por baixo das calças porque não gosto do toque áspero da ganga em contacto com a pele, e collants é para esquecer..

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D