Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

España // S'Almunia y Colònia de Sant Jordi

Dezembro 07, 2018

depois do pequeno-almoço numa pastelaria lá do sítio, seguimos nas calmas para s'almunia, para matar saudades dos mergulhos do ano passado.

e tal como no ano passado, aquilo estava cheio de gente. lá encontramos um cantinho para largar as coisas, e fomos prá água. eu fiquei por ali perto, o homem foi mais prá frente. ainda não estávamos lá havia 10 minutos, quando o homem me aparece no campo de visão, assustadíssimo e a ganir de dores, porque tinha roçado numa medusa, enquanto estava a nada.. saltei logo da água, foooooda-se!

como tal coisa nunca tinha acontecido, ele estava naturalmente em pânico. eu não fazia a mínima ideia o que fazer. e ali, onde estávamos, não havia rede de telemóvel para perguntar ao dr. google, se a coisa era grave e como devia proceder. até para telefonar para o 112, tínhamos que subir uma centena de degraus até conseguirmos apanhar rede no telemóvel. e depois disso, palmilhar 1 km a subir até ao estacionamento..

epá, que caralhos de sina tem este gajo..

eu tinha ficado para trás, para recolher as coisas, e quando cheguei ao topo da escada, já o homem estava o telefone com o 112, para saber o que fazer à vida dele.

sugeriam mandar uma ambulância, mas como não achamos que fosse motivo para tal, disseram-lhe para ir ao posto de saúde mais próximo, que por sorte não muito longe dali.. só que o carro ainda estava a uma certa distancia, e a subida era íngreme.. o homem não teve com meias medidas, e mandou parar o primeiro carro que se aproximou de nós naquela direcção, para cravar boleia. era malta local (naquela estrada so podem circular residentes), e foram super porreiros. levaram o caminho todo a tentar sossegar a aflição do homem. ah e tal, isso aqui é normal, já todos fomos picados pelo menos uma vez na vida, ainda na semana passada, um miúdo foi picado na cara, no pasa nada

dali fomos a voar para santanyí, para o centro de saúde. por sorte não estava muita gente, e o homem não demorou a ser atendido.

o médico não estava com um ar muito impressionado, deve estar farto de receber turistas histéricos picados por medusas muhahahah receitou-lhe umas cenas, e mandou o enfermeiro dar-lhe uma injecção com um cocktail de drogas na nalga, para atenuar a dor e a reacção que as picadas lhe provocaram na pele, que nesta altura já se tinham tornado em queimaduras químicas, espalhadas pelos dois braços e pelo peito. ia ficar com umas cicatrizes à maneira!

saiu de lá todo enfaixado, para não apanhar sol nas queimaduras loll há fotos e vídeos, mas eu vou respeitar a dignidade privacidade dele muhahhahah

no dia de hoje aprendemos ainda que não é sensato viajar na europa sem o cartão de saúde europeu. a brincadeira da medusa tinha saído mais barata.. e a caução que o seguro de saúde do revolut cobra não vale a pena a chatice.

homem tratado, fomos aproveitar o que restava do último dia de praia, para es trenc. interessante.. tal como no ano anterior, o último dia de férias também foi passado nesta praia, e estava igualmente arruinado, por causa de um dente que se armou em parvo e insuflou-me a cara. este ano foi o homem, que ficou todo queimado às contas dum ser gelatinoso minúsculo. ninguém se fica a rir.. começo a desconfiar que esta praia tem uma maldição qualquer 🤔

depois fomos acabar o dia para a colònia de sant jordi, o meu segundo pueblo favorito em maiorca. jantamos no cassai beach house, o guilty pleasure das férias. aquilo tem mesmo bom ambiente, e a comida é boa. depois fomos dar uma granda volta pelo passeio marítimo, que estava super tranquilo àquela hora. gosto mesmo daquele sitio ♥

já de regresso ao carro, o homem parou numa gelataria. enquanto pedia o gelado, eu entretive-me a filmar as estrelas das nossas férias, as baratas. é que as tantas, deixa de meter nojo 😆

por falar em baratas, de manhã quando fui a casa de banho, tava uma quinada, de patas pró ar, junto ao balde do lixo. ao fim da noite, a desgraçada da barata ainda lá estava.. e a rabiar.. oh pá, coitado do bicho, afinal estava vivo aquele tempo todo.. tão a tipa controla o wc tantas vezes ao dia e não viu a puta da barata? ca noijo..

quando regressamos ao airbnb, o inglês marado que também estava lá alojado, tava a curtir a noite no terraço e quando nos viu, meteu conversa. era praí meia-noite, a conversa estendeu-se até quase às três da manhã.

*

btw, eis como devemos proceder em caso de picada de medusa:

- não lavar a zona afectada com água doce, nem aplicar vinagre ou álcool;

- lavar cuidadosamente com água do mar, sem esfregar. se estiverem tentáculos agarrados à pele, tentar retirá-los com um cartão de plástico ou coisa parecida, sem lhes tocar com os dedos;

- se possível, aplicar bicarbonato de sódio misturado em partes iguais com água do mar;

- aplicar bandas de gelo para aliviar a dor, enroladas num pano para evitar o contacto directo com a pele;

- ir ao médico, para receber medicação para as dores e reacção alérgica, e tratamento para as queimaduras químicas

se a espécie de medusa em causa for uma caravela-portuguesa, devemos aplicar vinagre e bandas quentes, e ir a correr para o médico.

< dia anterior ·início· dia seguinte >

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D