Se ele não fosse assim... XXVII

arranjei uns earphones bluetooth todos cromos, com cancelamento de ruído, para usar no ginásio, que a puta da playlist é sempre a mesma e já não posso com as músicas que estão sempre a passar nas colunas. os phones funcionam que é um mimo, quando tenho aquilo enfiado nos ouvidos, não oiço nada do que se passa à minha volta, a não ser a minha música.

não tardei a descobrir outras situações onde são particularmente úteis, tipo na rua, nas viagens diárias para o trabalho (embora não use sempre), ou no trabalho, quando os colegas estão particularmente ruidosos. mas a melhor delas todas é mesmo quando estamos a limpar a casa, e o homem está a aspirar.

tão, tava eu descansadinha da minha vida, a esfregar a sanita afincadamente, com o telemóvel na segurança do quarto, a bombar música para os meus ouvidos, quando subitamente a música pára.. "uai, queres ver que o cabrão do spotify crashou?" pensei.

nisto o freddy mercury começa a berrar-me aos ouvidos "i want to break free... i want to break freeee..." wtf???

não foi o spotify que crashou, foi o sacana do homem que me raptou o telemóvel e armou-se em espertinho.. mas realmente, a música até era apropriada para a ocasião muhahaha

25 de Fevereiro de 2018, às 23:30link do post comentar