O mundo deve tar pa acabar… III

"acho que vou tirar a carta"

 

assim, do nada, a frio, sem aviso. engasguei-me toda! 

conheço-o há quase 20 anos, e apesar dele ter feito umas aulas de código quando era puto - porque na altura lhe pareceu que era algo que devia fazer, mas desistiu logo porque era aborrecido lol. andei ANOS a chagar-lhe a cabeça para tirar o diabo da carta, até que desisti por cansaço e nunca mais toquei no assunto.

não sei se gosto, tho.. a ideia de partilhar o volante do cascas (seja com quem for) não me soa bem.. 😒

Efemérides

no sábado passado fez 10 anos que tirei a carta e como tal, honrei o principal motivo que ma fez tirar: fui passear!

é verdade. eu queria ter carta e carro para ir onde me apetecesse. desde cedo que fazia altas planos com a sis, "quando tiver a carta vamos aqui" "quando tiver a carta vamos ali" "quando tiver a carta ninguém nos segura". no meu dicionário, liberdade tinha como significado ter carta de condução.
pena que a vida não proporcionou grandes oportunidades para metermos os planos em prática.. mas por sorte arranjei um gajo que está sempre disposto a sair quando, onde e como quero he he

anyhoo.. ao fim de dez anos, nada a declarar, nem uma multa (multas de estacionamento (3) é do mais lame que há, logo não contam)!
para uma enfezadita que precisou de uma mão cheia de exames de condução, e que quando foi finalmente à escola buscar a guia os instrutores devem ter ficado a fazer apostas sobre qual seria o dia em que se espetava certeira contra um muro, acho que não me tenho saído nada mal. já dei a volta a este país não sei quantas vezes e já andei metida em muito sitio marado (alguns que nem gosto de me lembrar) e em condições pouco aconselháveis... e vá lá que já não tenho pé pesado, porque ao princípio era jeitoso :P

e pronto, a modos que era isso :)

btw, ♥ u cascas!

15 de Março de 2010, às 20:57link do post comentar

Ték'infim!!

...e eis que ao fim de 5 meses, 21 dias e algumas horas, a minha carta de condução nova caiu-me finalmente nas mãos! Termina assim a saga malfadada de um documento que não queria nada haver comigo...

Mas foi uma surpresa, já que não estava à espera que ela fosse entregue durante o mês de agosto :)
28 de Agosto de 2007, às 12:04link do post comentar ver comentários (3)

Só a mim... :P

Quando faço alguma coisa e não falha nada até acho estranho, acreditem...até para renovar a carta de condução teve que haver merda pelo meio...gaaaah!!

Bom...há 4 meses atrás (6 março) fui renovar a carta, para fazer a actualização da morada..disseram-me que ia ser entregue pelo correio e que demorar uns dois meses..
Esperei, esperei, esperei e nada de carta...Passados três meses, tinha a guia a expirar e nada de carta, então fui a loja do cidadão, onde tinha feito a renovação, para que me aumentassem o prazo. A funcionária achou estranha a demora, mas como estava "sem sistema" não me conseguia ver o estado da carta..Aumentou-me o prazo e pediu que lá voltasse outro dia.

Passadas umas semanas voltei lá e ela viu que a carta tinha sido devolvida e estava na DGV (na av. da republica em lx) à minha espera..

Hoje à hora do almoço aproveitei para ir lá busca-la. Cheguei à DGV, tava um mar de gente, tirei a senha e como aquilo estava lento e ainda faltavam quase 30 números até que chegasse a minha vez, fui almoçar.
Quando cheguei, pimba, já tinha perdido a vez...toca de tirar mais uma senha. Vá la que nem por isso esperei muito..estive mais tempo à espera que me despachassem..já tava a desesperar quando a mulher se lembrou que me tinha deixado pendurada e lá foi buscar a carta..

Quando ela me veio parar às mãos, vi a razão porque é que não tinha chegado até mim pelo correio: o código postal ainda era o antigo...o antigo!!! A carta foi parar a bensa-city (lagos), e ainda bem que não havia nenhuma rua com aquele nome/numero :P

Então o que é que eu fui lá fazer, hem? Se tivessem olhado com atenção tinham visto que não foi só a rua que mudou, mas também o CP e não me faziam perder mais tempo, a mim e a eles...

...ursos!

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

de resto, é ler o blog :D

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

Bloglovin  follow us in feedly  Seguir nos Blogs do SAPO

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.