Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Se ele não fosse assim... XXXIX

Maio 14, 2020

tive que fazer uma devolução nas instalações de uma transportadora, ali prós lados do aeroporto.

..."tive" que é como quem diz, conduzi até lá! depois fiquei no carro à espera, enquanto o homem foi largar o pacote.

não tardei a começar a receber mensagens dele pelo whatsapp, muito provavelmente a stressar com qualquer coisa (como de costume).

como tinha o carro ligado, e o telemóvel ligado ao carro (para o android auto funcionar), recebi as mensagens no ecrã do carro e clickei no "play" para ouvir.

a primeira mensagem vinha escrita em português, e foi lida pela senhora brasileira do google,

"estes gajos estão-se a cagar para usar máscara"

ao ouvir a mensagem, em alto e bom som, a minha primeira reacção foi, “fooooda-se, o som tá buéda alto, deve ouvir-se lá fora!!!”

a segunda foi deitar os dedos ao botão de volume. só que não aconteceu aquilo que estava à espera... aparentemente não se consegue baixar o volume do assistente do google, eeeeeek!!!

mas mudei imediatamente de sintonia quando me apercebi que a segunda mensagem, "WTF" foi falada em inglês… OI? 

o assistente usa línguas diferentes consoante a língua em que vem escrita a mensagem?? 🤯 vamos já testar isto!! comuniquei ao homem a minha descoberta, e pedi-lhe para mandar mais duas mensagens, uma em português e outra em inglês.

calha que o conteúdo da primeira mensagem que ouvi dois minutos depois, não é apropriado para transcrever aqui (e o nível deste blog não costuma ser muito alto muhahahaha), mas eu ri-me que nem uma javarda, enquanto rezava para que ninguém estivesse a passar perto do carro naquele momento 🤣

a segunda dizia "you’re welcome" e atestava a minha descoberta :D

entretanto vem mais uma, e outra, e outra. eu só me ria, e nesta altura já estavam dois gajos num muro perto do carro. eu podia ler no telemóvel, mas continuava a ouvir pelas colunas do carro.

às tantas ele manda uma mensagem em espanhol, a ver se também pegava. E SIM, foi narrada em espanhol! LOL graças à la casa de papel ficamos bastante versados em obscenidades em espanhol, esta mensagem foi um prato. aliás, cada uma que chegava era melhor que a anterior.

por fim veio uma em japonês, narrada em japonês. tá brutal, sim senhora.

depois o homem lá conseguiu despachar a encomenda, e a diversão acabou. contou-me que me estava a ver a rir pela janela, e por isso não parava de mandar mensagens para mim ouvir, às quais eu respondia em texto. que sacanão!

Se ele não fosse assim... XXXVIII

Março 26, 2020

há uns tempos, o homem comprou um perfil em L de pvc (uma cena destas), para traçar linhas ou servir de guia para o x-acto. como aquilo tinha 1 metro de comprimento, guardou no roupeiro "dos arrumos", ie. um roupeiro onde para além de casacos, guardamos a tábua de engomar, o estendal, os tapetes de yoga, os sacos de desporto, sacos com roupa para despachar, etc etc. está *bastante* atafulhado.

há umas noites, o homem precisou de qualquer coisa do tal roupeiro, e no que abre a porta, caiu-lhe uma montanha de tralha em cima. deu-lhe a fúria, e tirou o resto para fora para arrumar o roupeiro. às tantas ouço-o a mandar vir comigo e vou ver o que se passa. encontrei-o de vara em riste, toda torta.

"metes as coisas aqui dentro de qualquer maneira.. esta merda torta não me serve para nada!" disse-me, um bocado irritado, a agitar a vara.

"tão precisavas disso direito, e compraste de plástico porquê?" desatei-me a rir, e dei de costas.

aquilo deve-lhe ter feito algum sentido, porque ontem perdi-o no leroy, e fui dar com ele na secção dos perfis. estava a escolher outro perfil para servir de guia - desta vez de alumínio. parti-me a rir. cheguei a casa ainda vinha a rir. cada vez que olho para aquilo ainda me dá vontade de rir.

às vezes acho que ele não me merece muhahahaha

Se ele não fosse assim... XXXVII

Março 09, 2020

passamos no leroy merlin, e para além das cenas que íamos lá buscar, obriguei o homem a trazer uma fita métrica nova, que a dele tá toda foleirosa, sabe-se lá quantos anos tem, e é chata de usar porque não tem travão.

mais tarde meteu-se a testar a ferramenta nova. tava a lavar os dentes, quando ele se chega ao pé de mim, de fita em riste. mede-me um braço... mede-me uma perna... mede-me as costas...

"ouve lá, o que é que tás a fazer?"

e o homem responde, em jeito de de trolha,

"tão.. tou-te a tirar as medidas!"

😐

Se ele não fosse assim... XXXV

Outubro 23, 2019

"as calças tão-me a cair, acho que perdi peso!"

comento com ele, enquanto dou uns puxões na cintura das calças, pela presilha do cinto. ele imita o meu gesto e responde,

"olha, lamento desiludir-te mas as minhas estavam justas quando as vesti pela primeira vez, e agora estão-me largas. é o que acontece quando vestes a mesma roupa durante alguns dias..."

às vezes não compreendo como é que este gajo conseguiu casar 😑

O presente "envenenado"

Fevereiro 09, 2019

hora de almoço (quer dizer, é quase jantar mas isso agora não interessa nada pro caso). isa vai-se aviar numa loja saudável de fast food, e seu homem opta pelas montanhas alarves de comida do brasileiro.

algures durante a refeição, o homem decide partilhar metade da banana-frita que trazia escondida debaixo do reboliço de carnes e arroz regado com feijão preto. isa aceita de muito bom grado, e deixa o pitéu para o final da refeição.

depois do franguinho, do arrozinho, e da saladinha sumidos, dá uma trinca na banana!

...para 10 segundos depois se arrepender profundamente!

...porque a dita banana está ENCHARCADA em molho picante. ZOMG, ZOMG, ÁGUA!! MOLHO DE IOGURTE!! como é que é possível que este gajo consiga comer a comida assim tão agressiva para o palato?? 😵🔥🔥🔥

é claro que ele não fez por mal, não se lembrou foi desse pormenor aquando do gesto romântico de partilhar a sua banana comigo. se ele não fosse assim... 

a metade restante ainda está ali, a olhar para mim... aquela delicia doce e reconfortante... cheia de picante... que desperdício... bom... ao menos já não vai ser uma surpresa 😵🔥🔥🔥

Se ele não fosse assim... XXXII

Janeiro 27, 2019

arranca-me da cama a queixar-se que tá a morrer de fome, e quer ir tomar o pequeno-almoço. mando-o começar o banho (porque já sei o que a casa gasta) enquanto acabo de acordar. queixa-se que vou demorar e está. a morrer. de fome!

já tomei banho, já lavei os dentes, já me pincei... e ele ainda está debaixo de água, a compor uma sinfonia com não sei quantos instrumentos, que tive que fechar a porta da casa de banho porque me já me estava a roer os nervos...

...a morrer de fome, hem!

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D