Loop do dia XII

demorou anos (décadas!!), mas finalmente aconteceu.. rendi-me a radiohead!

tem sido uma relação complicada, desde que os conheço, nos primórdios dos anos 90. inicialmente era porque era demasiado rock para o meu gosto, depois começaram a ficar mais electrónicos, mas também mais melancólicos, o que provavelmente não combinava com o meu mood. sempre tive pena disto, porque reconheço-lhes o génio. simplesmente não temos estado na mesma frequência...

fast forward 20 anos, com alguns namoros pelo meio (o thom yorke tem músicas a solo lindíssimas), a the numbers meteu-me a ouvir o a pool shaped moon em loop. pela melodia profunda mas delicada, pela montanha russa sonora, pelas emoções que arranca, e pela progressão fantástica entre as músicas. ouve-se sem cansar durante horas a fio.

depois fui voltado atrás no tempo. encalhei no the king of limbs, depois no amnesiac. o ok computer está mais difícil (mas hei-de chegar lá!!), mas há uma pérola no segundo álbum do oknotok, que me faz levantar os pés do chão. tenho a dizer, que de todas as rendas mensais que pago por serviços na internet, a do spotify é a que me custa menos a pagar :D

portanto, o meu último loop de 2017 é uma playlist de duas horas e meia, com (todas as) músicas do a moon shaped pool, (quase todas do) the king of limbs, (metade do) amnesiac, ok computer, kid a, e in rainbows ♥

26 de Dezembro de 2017, às 21:00link do post comentar

E já que estou numa de estragar as músicas ao pessoal

nesta dimensão onde nos encontramos (nas paralelas quem sabe) não consigo atinar com radiohead, acho-lhes a música demasiado depressivo-ò-agressiva... já radiodread é outra história!
 

cortesia dos nossos amigos easy stars all-stars, que também já nos tinham trazido o dub side of the moon ao aqui blog muhahahah
 

gosto especialmente da airbag (que conta com a participação do grande horace andy) e da the tourist, a qual dedico ao meu homem, que ultimamente anda sempre carregado de electricidade estática e a levar choques e tudo o que toca!
 

não têm de quê :D

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

de resto, é ler o blog :D

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

Bloglovin  follow us in feedly  Seguir nos Blogs do SAPO

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.