Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Paris // Os transportes

Junho 15, 2019

o metro não é mau de todo, apesar de ter achado a rede uma confusão tremenda. é realmente a melhor forma de andar pela cidade, apesar do tempo que se perde a planear qual é a melhor forma de ir a algum lado. não fosse a ajuda do google maps, navegar naquele emaranhado de linhas, seria muito mais penoso.

a gare du nord é um atrofio enorme, não só é poupada nas indicações, como se falhávamos alguma, estávamos lixados. até descobrirmos de onde é que saia o comboio para orly, ainda andamos para lá às voltas feitos parvos.. 

o orlyval (shuttle da estação de anthony até aos terminais do aeroporto) é muito fixe... mas caro cmó crl. se faz algum sentido cobrar quase 10€ por uma viagem de 5mn.. e o orlybus não era muito mais barato. a alternativa é metro + eléctrico, com mil paragens.. não obrigado, já me bastou a seca que foi no primeiro dia, do aeroporto até ao centro de paris.

no aeroporto de orly, ao regresso, eu já só me ria, porque não há outra forma de encarar os espectáculos tristes que fui testemunha. a começar logo no controlo de segurança.

não sei porque carga de água, mas não tinham os tapetes rolantes a funcionar, para largamos os pertences dentro dos tabuleiros directos ao raio x - como é habitual. não... tínhamos que ficar à espera que um funcionário chegasse ao pé de nós, com um tabuleiro nas mãos, meter as coisas lá dentro, ele acartar com a nossa tralha TODA pelo pórtico de detecção de metais, e enfiar tudo na máquina de raio x. só então podíamos passar. havia 1 funcionário a fazer este belo serviço por fila. dá para imaginar o tempo que isto levou, apenas 4 pessoas à frente? alguns 15 minutos. 
os funcionários pareciam baratas tontas... 

chega a minha vez de passar, pórtico apita. mandam-me passar pelo scanner de raio x (porque eu ainda não levei com radiação suficiente no último ano). aquilo detectou lá qualquer coisa na zona esquerda superior (provavelmente algum pinchavelho do soutien, duvido que o clip cirúrgico faça aquilo apitar), vem uma funcionaria revistar-me.

apalpou-me toda, não encontrou nada, vai buscar um scanner manual, vá-me passar aquilo à minha volta, e aquilo a guinchar. nisto passa uma colega e diz-lhe qualquer coisa, e a tipa desata aos berros com a outra (os franceses não são só rudes com os estrangeiros, são rudes ponto), em cima dos meus ouvidos. já me tava a passar!!

às tantas cagou pro scanner manual e apalpa-me mais um bocadinho, eu de braços levantados, feita parva. oh miga, vê lá se não te escapa nada, que eu tirei a tarde toda para estar aqui. eventualmente desistiu, mas já estava a ver que a moça me ia levar para uma sala e pedir-me para lhe fazer um strip privado. até porque eu tenho cá um ar de terrorista ou de criminosa, que faxavòr!!

enfim.. 

a seguir foi na porta. o embarque começava às 20:20, numa porta sem espaço nenhum - aliás, aquilo de porta não tinha nada, era um corredor.

ora, à medida que a hora vai-se aproximando, aquilo está cada vez a ficar mais apinhado, o avião leva prai 180 pessoas, a porta nem para 50 tinha capacidade. nunca mais aparecia alguém, nem que fosse para tentar meter ordem nas pessoas.. até porque como todos nos sabemos, o tuga não é particularmente disciplinado, e já estavam a acontecer incidentes. tipo, no topo das escadas, via-se perfeitamente a multidão lá em baixo, mas já se sabe que onde cabe um português, cabem outros 3, tão vá de descer pelas escadas rolantes. chegavam cá em baixo, andava tudo aos trambolhões uns por cima dos outros. só visto..

lá prás 20:40, a hora que supostamente a porta fechava, aparecem finalmente 3 funcionários. ohmyfuckinggod.. o CAOS!! TUDO a quer passar ao mesmo tempo, como se estivessem a entrar para a worten do colombo numa black friday.. nunca vi multidão mais desesperada para deixar um país lol.

e não devem saber fazer contas, porque só tinham um autocarro para levar aquela malta toda até ao avião. ora, assim aquele que lá estava deixou de ter capacidade, as pessoas que estavam a tentar entrar, tiveram que ficar à porta, à espera que aparecesse outro.

o primeiro autocarro ia a deitar gente para fora, o segundo vem praticamente vazio. opá..

e foi assim que o nosso voo de regresso atrasou meia hora. a malta fala mal dos nossos aeroportos devia mesmo experimentar este.. nunca mais me apanham lá!

Engraçadinho

Abril 01, 2015

a tua primeira opção de autocarro só passa dali a 17 minutos. a segunda opção, a 12 minutos. a terceira, a 4 minutos. não gostas, mas segues nessa para não perderes mais tempo. chegas à estação de metro, comboio parado, carruagens a abarrotar. linha interrompida por motivos alheios, previsão de restabelecimento do serviço dali a 15 minutos. desistes e vais ver se tens autocarros. entretanto ouves o metro a arrancar. PQP. perdes um possível autocarro que estava a sair naquele momento, o próximo é só dali a 8 minutos. sobes e vês o horário dos comboios, parte um dali a 3 minutos, boa. enganas-te com o número da linha, o comboio está do outro lado da plataforma. desces. corres. sobes. o comboio parte sem ti. voltas novamente ao metro, que entretanto já esta a funcionar.

a tua reacção perante este imbróglio épico? ris-te à parva, claro. é o universo a pregar-te uma partida de 1 abril, não há outra explicação!

Decisions, decisions..

Fevereiro 29, 2012

novembro, ou o mês mais destrambelhado da história, fez com que metêssemos uma pausa no menu diário de transportes públicos. porque tínhamos que ir ao parque das nações três vezes ao dia; porque estávamos a terminar projectos que obrigaram a umas quantas noitadas; porque veio o codebits e nunca havia hora para regressar a casa (quer dizer, havia.. 2, 3 da manhã :P); porque meteu-se a holanda pelo caminho.. puff!

 

foi-se novembro e chegou dezembro. o passe do marido expirou e ele nunca mais ia tratar da renovação e a saga continuou. em janeiro andávamos cansados do trabalho e sabia muita bem meter-nos no carro de manhã e à noite. em fevereiro foi o frio que serviu de desculpa..

 

até sou uma pssôa cheia de boas intenções e queria atinar com os horários, para ver se apanhava os períodos de maior frequência dos transportes, mas não vale a pena, largo *sempre* o trabalho a umas horas de merda, e levar quase hora e meia para chegar a casa não é das coisas que mais me excita, especialmente durante o inverno.

um autocarro ou metro que nunca se sabe quando aparece, que as carreiras estão cada vez mais reduzidas, um barco de demora uma eternidade a atracar, o desconforto das viagens, as horas perdidas em transbordos, a manada que se arrasta e mais parece que está a caminho do matadouro.. morre-se um bocadinho todos os dias nisto :P
nestes seis anos de deslocações diárias entre almada e lisboa já tentei todas as combinações possiveis e nenhuma é minimamente decente.. 

 

então comecei a fazer contas à vida.

 

claro que levar o carro fica mais caro.. duas vezes e meia mais caro.. mas... à noite percorro os 13km que separam a casa do trabalho em 15 ou 20 minutos em vez de uma hora e tal.. notamos um aumento tão grande na qualidade de vida que caguei mesmo pro preço a pagar. a sério!

 

entretanto oficializamos a coisa e arranjamos uma avença mensal num parque perto do trabalho, o que baixa bastante a despesa.
assim, de manhã levo 20-30mn a chegar e à tarde 15-20mn a regressar.. até nos dias que tenho apanhado trânsito na ponte demoro menos que se fosse de transportes. e a avença pode ser cancelada a qualquer momento sem problemas, por isso, tásse!

 

o cascas, poupadinho como é, ajuda a tornar isto possível w00t

Adeus barco, olá comboio!

Julho 29, 2009

desde que tive que começar a atinar com os horários que deixei de usar a carris para ir pro trabalho de manhã e passei a usar o metro, que é mais rápido e certinho. mas para manter a sanidade mental dentro dos níveis aceitáveis, à tarde continuei a usar os autocarros, ainda que isso às vezes significasse levar quase 40mn das picoas ao cais do sodré..

como em junho ia estar metade do mês de férias, meti o L12 de parte e comprei o passe combinado da transtejo/ml, que é baratuxo e compensava em relação aos bilhetes pré-comprados.. o pior foi quando descobri que não dá para associar esse passe ao complemento do mst..

duas semanas a: sair do barco, apanhar a linha verde, depois na estação seguinte mudar para a linha azul, e três estações depois, mudar para a linha amarela e sair na estação seguinte... nada que não fizesse já todos os dias nos últimos seis meses, mas a dobrar!

chega junho ao fim, disse cá para mim que nem morta se me apanhavam naquele percurso horroroso outra vez!
...e nesse mesmo dia fui para entrecampos e comprei o passe do fertagus/ml a titulo de experiência.

findo o mês de julho, eis o veredicto: onde é que andei com a puta da cabeça metida este tempo todo, por não ter começado a usar este percurso mais cedo?? é como um colega dizia, uma pessoa até se sente burra...

10mn de mst + 12mn de fertagus + 5mn de ml + 20mn (se tanto, normalmente é menos) em transbordos e esperas, o tempo que perco nisto é praticamente o mesmo que antes.

mas...

não esperar que atraquem o lento do barco, nem trocar de linha de metro 3 vezes e os horrores que isso implica, nem andar nos autocarros da carris que levam 30-40mn das picoas ao cais do sodré, vale por tudo e mais alguma coisa. o mst e o fertagus são rápidos, confortáveis e silenciosos, e apenas preciso de uma linha de metro (um luxo!!). deixei de chegar ao trabalho (ou a casa) cansada, stressada, e enojada.

é que não tem mesmo nada a ver!

Quem me manda a mim armar-me em sovina....

Agosto 08, 2007

Como tenho quase metade do mês de agosto em férias, achei que devia dar férias também ao passe... mas contas feitas, não rende, então decidi comprar um baratuxo, que me desse para as viagens essenciais casa-trabalho-casa..e o eleito foi o metro/transtejo, que era 6€ mais barato que o da carris/transtejo..

Depois de passar mais tempo à espera do metro do que dentro do metro, e ter que apanhar três secas em vez de uma, lembrei-me porque é que deixei de usar o metro há mais de um ano atrás: QUEEEEE SECAAAAAA, que transtorno, que irritação, que canseira!!!
Prefiro mil vezes os autocarros desengonçadas da carris e a descida vertiginosa da avenida da liberdade e da rua arsenal, onde chego a ter agarrar as mamas e rezar para que nenhum dos meus órgãos internos fique danificado, tal não é a violência da viagem, do que subir e descer escadas, passar por três linhas diferentes, levar secas em todas elas, sem falar no resto...

..bem, mas agora aguenta-te à bronca...:P

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D